Artigos, Destaques › 09/11/2017

SE MEU FILHO ESTA PRESENTE, NADA PODE FALTAR.

Imagem relacionada

Aproximando-se da grande festa e solenidade dos 300 anos da aparição de uma imagem da Imaculada Conceição nas águas do Rio Paraíba do Sul, somos chamados a refletir sobre esta singular importância e presença materna em nosso meio. Há 300 anos nestas águas, uma miraculosa pesca acontece e percebemos desde daí a complacência de Maria com o nosso povo.

 É de grande valia ressaltar a aflição que o povoado passava, e interligando a Sagrada Escritura percebemos outros momentos em que esta mãe se faz presente, como nas bodas de Caná. Maria é perceptível a dor do outro “meu filho, eles não tem mais vinho” (cf Jo 2,3) e nos ensina a confiar “fazei tudo o que ele vos disser” (cf Jo 2,50 no seu filho amado.

 Neste momento, voltando em nossas terras brasileiras, percebemos a confiança que aqueles três pescadores depositaram em Deus; eles lançam suas redes e confiam na Providência Divina. Mesmo sabendo que não estavam em uma boa temporada de pesca eles insistem, e novamente lançam as redes.

Quanto espanto não houve quando perceberam que em meio às redes existia uma pequenina imagem, partida em duas, da Imaculada Conceição. Mais eles novamente confiam, e lançam mais uma vez as redes e tocados pela graça abundante de Deus eis que acontece o grande milagre.

Não só neste momento mais também em outros como: o milagre da menina cega, a impressionante conversão do cavaleiro sem fé e da ruptura das correntes do escravo aflito; vemos a complacência da Virgem Mãe de Aparecida com o nosso povo. Ela resgata em cada um aquilo de mais puro que existe em seu ser, que é a sua fé e o amor a Deus.

  Que graça, que alegria. Celebrar este acontecimento tão importante para a história cultural e espiritual do nosso povo é celebrar a unidade que nos faz irmãos e co-herdeiros no céu. É bonito ver mesmo que em realidades tão distintas como nas bodas de Caná e o milagre de Aparecida, Maria revigora e dá uma nova vivacidade na sociedade.

Resultado de imagem para nossa senhora aparecida

Em cada canto do nosso país, em cada lágrima sincera que é derramada aos pés da Virgem Mãe em sua Basílica é gratificante perceber que existem sim filhos amorosos, dedicados e agradecidos por não serem esquecidos na hora da sua aflição e nas diversas necessidades que circundam no interior de cada um.

             Espantosamente percebemos uma relação entre estes dois fatos, e até ousamos em dizer que Maria é tão solicita para conosco que nem merecemos gozar de tal graça que nos foi dada, tão próxima de nós e em terras brasileiras. É preciso neste contexto recordar estes grandes feitos de Maria e torna sensível a revelação divina e a graça filial de Deus que é uma condição que nos torna mais humano e co-irmãos em um reino celeste.

Oremos:
Ó Mãe Aparecida, nosso povo será eternamente agradecido por este carinho filial que nos foi doado como um dom gratuito, sem ordens expressas de devolução. Somos realizados em ter sua presença materna em nosso meio e te pedimos imensamente para que possas cuidar do nosso país, dos nossos governantes, das nossas famílias, das nossas crianças, dos nossos jovens, dos nossos enfermos, e dos desamparados. Ó Mãe e rainha nunca nos tardes a alegria de sermos chamados de seus filhos. Amém.

 

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, barba

Postulante Cristian Lopes

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.