Artigos, Destaques, Notícias › 01/07/2018

LECTIO DIVINA CLARIANA

Setembro é o mês da Bíblia. Durante estes trinta dias, nós católicos somos convidados a intensificarmos a nossa escuta, meditação e reflexão sobre a Palavra de Deus, a fim de torná-la mais viva e eficaz em nossas vidas. Pois, conforme nos ensina São Jerônimo,“desconhecer a Escritura é desconhecer a Cristo e se negar a anunciá-lo”.

Uma maneira de ampliar o contato com a Sagrada Escritura, utilizada desde o início do cristianismo e sempre novamente recomendada pela Igreja, é a leitura orante da Bíblia (Lectio Divina). Essa metodologia pode ser aplicada de várias maneiras. Normalmente, as pessoas dividem essa experiência de oração em quatro momentos: leitura, meditação, oração, contemplação. Contudo, ao nos debruçarmos sobre os Escritos de Santa Clara, aproveitando a alegria de estarmos celebrando os 800 anos de consagração de Santa Clara, percebemos que a proposta mística de oração desta santa é composta de três vias que podem, muito bem, serem aplicadas a nossa oração diária com a Bíblia.

A Santa fundadora da segunda Ordem Franciscana no desejo de ensinar a Santa Inês de Praga um caminho de perfeição para o crescimento na imitação de Jesus escreve: “Com o desejo de imitá-lo, mui nobre rainha, olhe, considere, contemple o seu esposo, o mais belo entre os filhos dos homens (Sl 44,3) feito por sua salvação o mais vil de todos, desprezado, ferido e tão flagelado em todo o corpo, morrendo no meio das angústias próprias da cruz”.

Esse exercício de olhar, considerar e contemplar pode ser também realizado diante do “espelho da Palavra de Deus” no qual está contido o rosto do homem por excelência revelado a nós na Pessoa de Jesus Cristo, o Verbo de Deus feito homem. Sendo assim, a lectio divina clariana é composta dos já mencionados três passos.

No primeiro passo somos convidados a tomar um primeiro contato com a Palavra simplesmente olhando-a. Em outros termos, somos chamados a ler a Palavra e com os ouvidos atentos ouvir o que Ela tem a nos dizer. Neste passo não há nenhum julgamento, somente a constatação. A nossa preocupação não é outra senão entender o que está escrito no texto. Diante da Bíblia apenas nos perguntamos: o que está escrito aqui? Sobre o que o texto está falando? Quais são os personagens que aparecem no texto? Existe alguma palavra que não conheço? O que ela significa?

O segundo passo ensinado por Santa Clara é o da consideração. Neste momento, somos convidados a nos deter diante da Palavra e a procurar algo que nos chame a atenção. Considerar, para Santa Clara é o mesmo que meditar. . Considerar é ruminar aquilo que se vê. É se deter com um olhar mais atento e questionador. É colocar-se as seguintes questões: O que isto que estou vendo me revela acerca de Deus e acerca da minha vida? Por que essa Palavra me chama atenção? Neste ponto, é importante que se escolha ao menos um versículo ou mensagem para se demorar com ele e pensá-lo ao longo do dia.

O último passo é o da contemplação. A contemplação é um convite a transformar-se no contemplado. Neste momento da leitura orante somos chamados a ficar em silêncio diante da Palavra para que possamos ouvir a voz de Deus e atender ao convite de amor que ele nos faz. Nesta hora, não se fala, apenas se experimenta a força transformadora e renovadora da Palavra. O trabalho nesta etapa é para acolher a voz de Deus e deixar-se moldar-se pela Sua Palavra tornando-se um com o que foi lido. Desse passo brotará o compromisso prático de tornar concreta a Palavra orada, fazendo com que ela se torne realidade na minha própria vida.

Todos esses passos são realizados em oração. E são eles que fazem com que cresçamos no seguimento de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Que possamos ser como São Francisco e Santa Clara que não foram ouvintes distraídos da Palavra, mas construíram as suas vidas sobre a rocha firme dos ensinamentos do Santo Evangelho o qual se tornou Vida e Regra para eles.

Pela intercessão de Santa Clara possamos crescer no conhecimento de Deus por meio da Sagrada Escritura.

Paz e Bem!

Autor: Frei Michel Alves dos Santos, OFMConv

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.