Artigos, Destaques › 04/08/2018

DIA DO SACERDOTE

PADRE, PRESENÇA DO DEUS QUE AMA

 

“Com amor eterno eu te amei” (Jr 31, 3)
Cada vocação é um gesto do Deus-Amor. É colocar a pessoa humana mais perto do coração divino. O padre faz parte dos amigos de Cristo:“Não vos chamei servos, mais amigos” (Jo 15,15). Por isso o padre deve ser um amigo e uma presença permanente do Deus que nos ama e nos quer bem.
Quando o padre batiza: é Deus que faz alguém entrar em sua família, dando-lhe a graça de ser seu Filho adotivo. Quando o padre celebra a Eucaristia: é Deus que se torna alimento e amigo de caminhada. Quando o Padre perdoa: é ali que mais se manifesta o Deus rico em misericórdia. Cada ato sacramental do padre torna presente um Deus que ama.
O Padre deve fazer cada pessoa sentir que Deus é amor, um amor que se doa, que se manifesta, que cria felicidade. Ser Padre é fazer perceber Deus perto da gente,“um Deus conosco”, um Deus que comunica sua Palavra, um Deus que entra em nossa história, um Deus que se faz semelhante em nós em JESUS CRISTO, “imagem visível do Deus invisível” (Cl 1, 15).
A história do amor de Deus se realiza de modo particular na ação do sacerdote, ministro do Senhor. Por isso, é preciso sentir-se responsável pela formação de mais padres para a Igreja de Jesus Cristo. Só com um número abundantes de padres, os gestos do Deus-Amor chegarão a cada coração e a cada necessidade. Sinta-se você também responsável pela formação de maior número de padres.
Não espere por um padre! Forme padres! Assim estará colaborando para que o Reino de Deus se estabeleça no meio da humanidade para torná-la mais feliz.
 
COLABORE COM AS VOCAÇÕES: REZE PELAS VOCAÇÕES!
VALORIZE AS VOCAÇÕES!
INCENTIVE OS JOVENS VOCACIONADOS!
AJUDE-NOS EM SUA FORMAÇÃO!

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.